WWW.ROCKGAME.COM.BR

APB: Primeiras impressões por Mark Rein

Posted on: 18/08/2009

apba2

Mark Rein, um dos fundadores da Epic Games passou alguns dias no escritório da Realtime Worlds – Escócia para testar o novo MMO APB.

Ele concedeu uma entrevista exclusiva ao site vg247 contando um pouco mais sobre o jogo. Confira a tradução:

VG247: Então você passou os últimos dias jogando APB?

Mark Rein: Oh, é fantástico.

Fale-nos um pouco sobre.

É difícil descrever. O jogo é aquilo tudo que você espera que um jogo desse tipo seja. Se os caras da RockStar fizessem um MMO da melhor versão de GTA, seria como APB.

Muitos tiros em APB?

Muitos, muitos tiros. É realmente divertido atirar. Há uma tonelada de armas. Faz parte do jogo inteiro, fazer upgrades nas armas e veículos, e toda a customização é demais! As missões também são muito divertidas, e é muito fácil de jogar. Pessoas familiarizadas com shooters pegarão o jeito em segundos.

O controle é o típico WASD. Você sabe, no Gears of War nós não temos o botão A? Nós chamamos ele de o “botão tudo”. APB tem o botão F. Eu o apelidei de botão “faz-tudo”. Pular por cima de caixas, escalar cercas, escalar ladeiras e chutar portas: isso é tudo com o botão F. É muito, muito natural para jogadores de shooters.

Você esteve jogando online ou em LAN?

Eu acho que estávamos conectados com um servidor em Estocolmo. Eu estava no escritório na Escócia, e a conexão estava excelente.

apb1

Utilizou o sistema de customização de personagem?

Sim, eu usei. Eu fiz uma versão tola de mim mesmo, colocando um grande M no meio da minha cara. Antes de eu chegar no escritório, eles fizeram minha versão no jogo. Eu na verdade joguei como Mark Rein mesmo. Eles colocaram um “powered by Unreal technology” na minha camiseta. Depois de uns minutos eles me fizeram tirar pois estavam gravando a jogatina. Eles mostrarão esta sessão de jogo na conferência da EA, essa que joguei com o Chris Collins da Realtime Worlds. Gravamos a brincadeira de frente pra trás. Nós jogamos um pouco, eles gravaram toda a sessão e depois voltamos a jogar. Foi divertido.

Quando você entra no jogo, há a opção de customizar o personagem logo no começo?

Sim.

Demora pra depois disso começar o jogo?

Bem, na verdade você não precisa customizar seu personagem. Eles te dão um personagem aleatório se você quiser. É muito fácil. O que é muito legal é que você escolher um personagem principal e  alterar aleatóriamente apenas algumas coisas como tom de pele e rosto. Há muitos botões de “random”. Eu criei meu personagem em… 15 minutos. É muito fácil, talvez o mais fácil que eu já tenha visto.

A coisa mais impressionante é o modo como eles trabalharam o sistema de texturas nas customizações. Eles mantiveram o uso de memória baixa, e ao invés de simplesmente colocar as texturas lá – o que é claro, dificultaria o processamento para enviar as texturas para todos os jogadores  – eles utilizaram um sistema diferente para customizar os personagens e veículos.

Esse sistema usa muita pouca memória. É muito legal e verdadeiramente surpreendente. Eu estava chocado pois o mesmo acontece com os veículos. Ah, e você também pode pixar os muros no jogo.

apb9

O jogo em si é ficar correndo por aí e matando pessoas, certo? Você tem objetivos?

Eu odeio usar GTA, porque as comparações são óbvias, mas os jogos são bem similares. Você pega missões. Você também tem um propósito dentro do jogo, você pode ser Enforcer ou Criminal, e dependendo do seu propósito você tem alguns contatos. Por exemplo, se você for Enforcer, algumas vezes seus contatos serão policiais, e eles lhe darão missões… Na verdade você pode jogar o jogo de forma single-player se você quiser, mas ao redor de você estarão diversos outros jogadores.

Essa é a coisa mais impressionante: nós estávamos dirigindo por aí, indo para uma missão, e havia uma grande cena de crime. Nós estávamos no meio do fogo cruzado, mas o assunto não era conosco, não estávamos envolvidos. É assim que basicamente funciona. Você pode chamar ajuda de jogadores de verdade, e o sistema automaticamente coloca você contra Enforcers ou Criminals na missão. O mais legal de tudo é que são jogadores de verdade, nunca NPCs.

Digamos que você é um Enforcer e começa a levar tiros, o jogo mostra onde o inimigo está?

Uma vez que você começa a tomar tiros, indicativos surgem em sua tela, mas se eles não atiram e se aproximam silenciosamente de você, eles te pegam pelas costas. Mas é muito legal. Você pode entrar em outros grupos. O aspecto social é muito, muito fácil. Poder entrar em um grupo ou convidar pessoas pra um grupo, ver o que seus amigos estão fazendo: todas essas coisas funcionam muito bem.

Na verdade eles tem um servidor social, sem missões, e é lá que você pode fazer as customizações. Também haverá uma casa de leilão (Auction House) onde você poderá vender os itens conseguidos durante o jogo. Há umas coisas sociais bem legais. Você pode assistir filmes, coisas assim. Comparado a PlayStation Home, mas mais envolvido realmente no jogo.

De 0 a 10, que nota você dá?

Onze. É sério. Talvez seja um dos melhores jogos que eu já joguei. E eu não estou dizendo só porque usa a nossa engine (Unreal Engine). É inacreditável. Depois de uma noite de jogo, tudo o que eu queria é jogar mais e mais. E agora eu tenho um log-in. Eu posso jogar!

[Direto do HardCore Gaming]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

@RockGamesRG

Novo Rock Games visite

novorg

Arquivo MD

Novo Rock Games

novorg

%d blogueiros gostam disto: